sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

Por Clarice Lispector ...



"Porque eu fazia do amor um cálculo matemático errado: pensava que, somando as compreensões, eu amava. Não sabia que, somando as incompreensões é que se ama verdadeiramente. Porque eu, só por ter tido carinho, pensei que amar é fácil".
.

3 comentários:

Sonia Schmorantz disse...

Não é fácil amar, porque naõ se ama pelas qualidades, seria fácil, mas pela aceitação do outro da forma como é e pelas renúncias que temos de fazer para o bem da convivência...

Manuel Marques disse...

Sinto-me melhor assim se as incompreensões é que fazem a diferença.

Somos humanos. Afinal as convulsões que temos cá dentro é que nos fazem viver e os outros viverem connosco!

Muitos abraços e beijos de Inverno à lareira...rs

Dani Lispector disse...

Amo Clarice